Clique aqui para anunciar

Cantora lírica blumenauense morre na Alemanha

Foto: Sérgio Antonello / FCB

Cantora lírica blumenauense morre na Alemanha

Nesta segunda-feira, dia 2 de julho, a cantora lírica blumenauense Cristiane Roncaglio faleceu em Berlim, na Alemanha, onde morava com o marido e a filha.

Cristiane lutava contra o câncer. 

Devido á sua morte, a Fundação Cultural de Blumenau (FCBlu) fará duas homenagens póstumas:

  1. Na quinta-feira, dia 5, às 20h, na abertura da 3ª Temporada de Exposições do Museu de Arte de Blumenau (MAB).

  2. No dia 13 de julho, às 19h, na Igreja Luterana Centro, durante o lançamento do Encontro de Corais de Blumenau.

Em junho de 2013, a cantora esteve na FCBlu para para lançar seu primeiro CD internacional gravado pelo selo austríaco Capriccio.

Cristiane incluiu obras de Villa-Lobos, Waldemar Henrique, Cláudio Santoro, Ronaldo Miranda e Tom Jobim em seu álbum.

O corpo será velado em Berlim.

 

 

Carreira:

Cristiane começou na juventude os primeiros estudos de canto em corais de igrejas e de associações, como o da Associação Musical Camerata Vocale.

Em Curitiba, ela estudou canto lírico na Escola Superior de Música e Belas Artes do Paraná na classe da professora Neyde Thomas.

Em 2003, foi para a Alemanha em busca de atualização, vindo a se formar na Academia de Música de Hanns Eisler, em Berlim.

Durante a carreira, teve professores importantes, como:

  1. Peter Konwitschny

  2. Willy Decker

  3. Carola Nossek

  4. Barbara Bonney

  5. KS. Roman Trekel, que mais tarde se casaria com a blumenauense.

Cristiane se apresentou em concertos e produções de ópera, realizando uma série de apresentações por várias cidades europeias.

Em Berlim apresentou o monólogo dramático-musical Ave Maria Callas com notável sucesso e elogios da crítica.

Patrocinado