Patrocinado
Tatiana Pasold: única medalhista de ouro na Obemep em Blumenau

Foto: Eduarda Loregian

Tatiana Pasold: única medalhista de ouro na Obemep em Blumenau

Por Eduarda Loregian
Redação Jornal de Blumenau

 

Filha única, e medalhista na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obemep) desde 2015, Tatiana Pasold foi a única estudante de Blumenau a receber a medalha de ouro na olimpíada deste ano.

Quase oito mil alunos, de 28 escolas, da rede pública de ensino de Blumenau, participaram da 14ª edição da Obemep.

Destas escolas, 19 receberam algum tipo de premiação.

Dos alunos premiados, três receberam medalhas de bronze, dois de prata, 46 receberam menções honrosas e a medalha de Tatiana, único ouro para o município.

A menina de 15 anos é estudante do 9º ano da Escola Básica Municipal Francisco Lanser.

A escola atende cerca de 980 alunos nos períodos da manhã e da tarde, e a noite, sua estrutura abriga a Escola Estadual Norberto Lanser.

Outros dois alunos da Francisco Lanser também foram premiados, um com medalha de prata e outro com menção honrosa.

O resultado, divulgado no dia 21 de novembro, é referente a segunda fase da prova que aconteceu em setembro deste ano.

Medalhista todos os anos desde 2015, a estudante já recebeu medalha de bronze, prata e agora recebe o seu segundo ouro.

A menina relatou que descobriu sua paixão pela matemática após realizar sua primeira prova da Obemep, em 2015.

As conquistas deram a estudante a oportunidade de ocupar uma cadeira na UFSC - Universidade Federal de Santa Catarina, em um curso de fundamentos da matemática.

O curso é gratuito e faz parte de um Programa de Iniciação Científica (PIC) oferecido para medalhistas da Obemep.

De acordo com a aluna, o resultado foi fruto de muito estudo, principalmente em questões que envolvem contagem, ou seja, a análise combinatória de situações do cotidiano.

O objetivo de Tatiana é cursar bacharelado em matemática para trabalhar na área de pesquisas.

"Para mim esta foi uma grande conquista, fiquei muito feliz em perceber que através de tanto estudo estou superando meus próprios obstáculos" ressaltou a estudante.

De acordo com Edemar Rosa, professor de matemática há três anos na escola, o segredo está na prática:

"Procuro trazer muitas atividades diversificadas, com vários exemplo, isso faz com que os alunos fixem o conteúdo. Além disso, a leitura é muito importante para auxiliar na interpretação".

"A Tatiana é extraordinária, costumo brincar dizendo que ela é mais inteligente do que eu. Dedicada e esforçada é sempre a primeira a terminar as atividades. Eu gostaria que os outros alunos visem nela um exemplo, e percebessem que eles também podem chegar onde a Tatiana chegou" destacou o professor sobre a estudante. 

Angela Monique Luciani, coordenadora da escola, ressaltou:

"Para a nossa escola e nosso bairro este é um título muito importante. As premiações mostram o excelente trabalho que estamos realizando, com ótimos professores e alunos medalhistas em várias atividades além da Obemep, como o esporte paraolímpico, a natação, a banda municipal, etc".

A premiação dos alunos acontece em novembro de 2019, no Rio de Janeiro.

 

Edemar Rosa - professor de matemática, Tatiana Pasold - estudante do 9º ano, Angela Monique Luciani - coordenadora da escola

Patrocinado

Agenda

Abba - The History

Réveillon em Blumenau

Festa Virada 2019 - Moinho

Patrocinado
Patrocinado