Patrocinado
Prefeito macho de Taió acaba com a farra da URB

Prefeito macho de Taió acaba com a farra da URB

Carlos Tonet

 

Mário Hildebrandt foi macho fez o que há muito tempo tinha que ter sido feito: ele vai fechar a maldita URB, um monstrengo híbrido de empresa privada com aporte de recursos públicos.

Aquilo sempre foi um sorvedouro de dinheiro.

Um cabide de empregos.

Foco de malversação e sacanagem.

Vim para Blumenau em 1982 e fui ser repórter de polícia do Jornal de Santa Catarina.

Naquela época já tinha denúncias de roubo de pneus, venda de peças de caminhões, venda de lajotas no mercado negro.

A URB durante anos foi o maior foco de corrupção visível e palpável da administração pública.

Eram 75 cargos comissionados para um total de 567, ou cerca de 13%.

Cargos dados de presente pra todo tipo de cabo eleitoral mamador das tetas públicas.

75 cargos usados para saciar a fome de vereadores voluptuosos famintos e insaciáveis extorquidores.

A prefeitura enterrou R$ 20 milhões na URB nos últimos oito anos.

R$ 10 milhões já em 2019.

Seriam mais R$ 20 milhões em 2020.

Chegaríamos a R$ 40 milhões jogados no ralo da ineficiência e sacanagem.

 

ROMBO

Vai sobrar um rombo para a prefeitura pagar.

Serão R$ 15 milhões gastos apenas para pagar os direitos trabalhistas dos funcionários a serem demitidos.

Mário conseguiu que a Câmara aprovasse esse valor para não prejudicar os servidores.

Têm ainda as dívidas que terão que ser equacionadas e mais os esqueletos que provavelmente serão encontrados por auditorias nos armários velhos e empoeirados cheios de dedos das digitais dos prevaricadores.

A URB foi tarde.

Tarde até demais.

Mas antes tarde do que nunca.


Patrocinado
Patrocinado

Agenda

Show com Fernando e Sorocaba

Espetáculo Baly Shark

Sabores de Santa Catarina