Patrocinado

Comércio e serviços de Blumenau retomam contratações no mês de junho

Comércio e serviços de Blumenau retomam contratações no mês de junho

O número de exames admissionais e demissionais realizados pelo Centro de Medicina do Trabalho do SINDILOJAS Blumenau mostram os efeitos da pandemia no mês de abril, a recuperação a partir da segunda quinzena de maio e a rápida retomada das contratações em junho, desenhando um cenário otimista para o setor daqui para a frente.

Do mês de janeiro até 18 de março, quando o governo estadual decretou fechamento dos estabelecimentos e isolamento social, o setor de comércio e serviços de Blumenau e região estava se sobressaindo nas contratações de mão de obra. 

Em janeiro e março, as contratações passaram do dobro das demissões, com folga: 521 contra 233 no primeiro mês, e 381 contra 181 no terceiro mês do ano.

Já em fevereiro, a diferença entre contratações e demissões foi menor, mas um número muito expressivo, 624 pessoas, passaram pelos exames admissionais.

Com o retorno das atividades, tal momento positivo se reverteu completamente. 

As contratações deram lugar às demissões de maneira avassaladora. 

Foram 124 contratações e 314 demissões em abril. Maio também contou com menos exames admissionais (230) em relação aos demissionais (276).

Mas foi a partir da segunda quinzena de maio que a economia passou a dar sinais de recuperação, com as contratações no setor começando a se recompor. 

E na primeira quinzena deste mês, já há sinais efetivos de uma retomada mais rápida. 

As contratações (82) já superam as demissões (78).

 

Emílio Rossmark Schramm presidente do SINDILOJAS Blumenau destaca:

“O ano começou de maneira excelente para as empresas do comércio e serviços de Blumenau e região, até ser interrompido pela pandemia.” 

“A gente percebe que o empresário não quer perder tempo. Tendo a oportunidade, vai recuperar o mais rápido o tempo e o custo perdidos.” 

“Estes números nos deixam muito animados e otimistas daqui para a frente.”



Patrocinado