Patrocinado
Medida do governo federal corta 39% do orçamento do IFC Blumenau

Foto: Divulgação

Medida do governo federal corta 39% do orçamento do IFC Blumenau

Campus Blumenau do Instituto Federal Catarinense (IFC) teve 39% do orçamento de custeio bloqueado pela Secretaria de Orçamento Federal do Ministério da Economia.

De acordo com a diretora-geral do IFC - Campus Blumenau, Marilane Maria Wolff Paim, na última terça-feira ela conversou com os servidores para detalhar de que forma os bloqueios afetam a instituição.

O bloqueio de R$ 700,350,98 na verba de custeio atinge diretamente gastos correntes do campus, como energia elétrica, limpeza, vigilância, bolsas de ensino, pesquisa e extensão e vale-refeição (voltado a estudantes de baixa renda).

O decreto nº 9.741/2019, publicado no Diário Oficial da União (DOU), na noite de 30 de abril, anunciou que R$ 5,8 bilhões dos recursos do Ministério da Educação (MEC) podem ser cortados se os bloqueios forem mantidos.

O corte no orçamento atinge universidades e institutos federais de todo o país.

No IFC, o bloqueio é de cerca de R$ 20 milhões.

No Campus Blumenau, no total, os bloqueios são de aproximadamente R$ 725 mil.

Este valor representa, além do corte de 39% da verba destinada ao custeio, 30% dos recursos de investimento, o equivalente a R$ 20,999,98, e 30% dos recursos de capacitação de servidores, o equivalente a R$ 5,212,56.

Segundo Marilane, a preocupação está no custeio, já que é deste orçamento que estão previstos os pagamentos das despesas para a manutenção cotidiana do campus: 

“Não será possível reverter esses 39% mesmo com medidas severas de contenção. Se o corte permanecer, não sei se, com o recurso que temos, conseguiremos manter o campus. De forma otimista, e com o máximo de economia possível no custeio, vamos chegar apenas até agosto,” adianta.

Nesta quarta-feira, dia 8, a direção se reuniu com alunos do ensino médio e com os profissionais terceirizados.

Na próxima segunda e terça-feira, a diretora-geral se reunirá com os pais e estudantes do cursos técnicos subsequentes e superiores e com o Conselho do Campus (Concampus), respectivamente, para repassar todas as informações.

A questão orçamentária também será debatida na próxima reunião do Conselho dos Dirigentes (Codir) do IFC, marcada para 9 e 10 de maio.

O impacto dos bloqueios nos institutos federais também está sendo discutido na reunião do Conselho das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), de 7 a 9 de maio.


Patrocinado