Patrocinado

Indaial confirma primeira morte por febre amarela

Indaial confirma primeira morte por febre amarela

A Vigilância Epidemiológica recebeu nesta semana a confirmação da primeira morte em 2020 de um morador de Indaial por febre amarela. 

O paciente faleceu no dia 13 de março, no Hospital Beatriz Ramos, mas o órgão de saúde aguardava o resultado do exame para saber se o usuário tinha a doença. 

Trata-se de um homem de 57 anos, morador do Warnow Alto, sem histórico de vacina contra a febre amarela.

 

Histórico

 

Em fevereiro, a Vigilância Epidemiológica de Indaial havia registrado o primeiro caso do ano para febre amarela em humano na cidade. 

Um homem de 50 anos, morador do bairro Encano do Norte, também sem histórico de vacina contra a doença, foi diagnosticado com febre amarela, passou por tratamento e hoje está curado.

Também há outro registro de paciente com cura para a febre amarela. 

Uma mulher de 29 anos, moradora do bairro Mulde, sem histórico da vacina, apresentou sintomas no início de março, passou por tratamento e está curada. 

A coleta para verificação da doença aconteceu no dia 12 e a confirmação positiva para febre amarela também saiu nesta semana. 

 

Vacinação

 

A Secretaria de Saúde chama a atenção da comunidade sobre a importância da vacinação para quem ainda não está imunizado. 

É necessário ter cadastro no Município e apresentar carteirinha de vacina, cartão SUS e documento oficial.

 

Sobre a doença

 

A febre amarela é uma doença infecciosa transmitida por mosquitos que vivem principalmente na mata pela presença de animais silvestres.



Patrocinado
Patrocinado

Agenda

Destaque Empresarial